Coluna Primeira Mão - Política e Economia


João Daniel é contra aliança PT-DEM e sai em defesa do PMDB

O líder do PT na Assembleia Legislativa, deputado João Daniel, manifestou-se, em entrevista ao Jornal da Cidade, contra uma alin aça entre o seu partido e o DEM. Ele disse: “Sou totalmente contra. PT e DEM têm interesses antagônicos. O PT defende os interesses da classe trabalhadora, das pessoas mais pobres, defende as lutas sociais, o Estado democrático, a valorização daqueles que trabalham e enriquecem o Brasil. O DEM pensa diferente, tem história mais ligada ao autoritarismo, representa as elites brasileiras. É um partido atrasado. Acho que em Sergipe o PMDB é um aliado natural, já tem hoje o vice-governador (Jakson Barreto), é importante, pois a aliança é também nacional, e Jackson demonstra ter os mesmos interesses nossos. São interesses progressistas, bons para o Brasil, bons para os brasileiros, principalmente para aqueles mais pobres. Por conta da semelhança de interesses é que já se comenta bastante que o atual vice-governador deverá ser o nosso candidato a governador em 2014. Eu acho boa essa ideia. Jackson é um nome forte e representativo”.


“Déda pode reconstruir a maioria na Assembleia Legislativa”

João Daniel comenta a possibilidade de reconstrução da maioria governista na Assembleia Legislativa: “Se o governador Marcelo Déda realmente tiver interesse nisso e disposição, acho que constrói. Já ouvi comentários dando conta de que isso está perto de acontecer. Não se pode é cair no desespero. Em médio prazo, é possível obter a maioria na Assembleia Legislativa de Sergipe”.

Proinveste – “Eu acredito que há um clima bem favorável. Os blocos governistas e oposicionistas se entenderam em relação ao empréstimo, o governador Marcelo Déda conversou com todos os segmentos e hoje não há um motivo para justificar a não aprovação do projeto. Vai ser bom para todo o Estado, que vai ganhar muitas obras. São elevados investimentos – R$ 727 milhões. Depois desse período de conversações, parece estar claro que não há derrotados e nem vencedores. Todos venceram, Sergipe venceu.


“A seca justificaria situação de emergência em todo o Estado”

Sobre a seca que motivou a decretação de situação de emergência em 22 municípios, João Daniel diz: “A seca é grave e acho que justificaria declarar emergência em todos os 75 municípios. Há perda de rebanho, perda de safra e as pessoas não entraram em desespero até agora por que há o abastecimento de água via caminhões-pipa e o fornecimento de alimentos. E já vem por aí água para os animais. Se não tivéssemos programais sociais, os sertanejos estariam numa situação bem mais caótica. Os governos federal ou estadual realizam as ações de emergência – viabilizam o fornecimento de água e alimentos para os humanos. Nunca vi uma assistência assim. O grande problema é que não há definições de políticas para garantir a intensificação da produção de alimentos em perímetros irrigados, criação de áreas de aguadas, canais para levar água para locais em que sejam possível a produção, a exemplo do Canal de Xingó, e não temos grandes barragens para acumular água para a produção de peixe e garantir o consumo animal, justamente para esses períodos secos. Estamos vivendo essa seca há três anos e o quadro vem se agravando cada vez mais”. (Entrevista completa no Jornal da Cidade deste domingo).


Litoral Sul de SE - Proprietários fazem queimadas para lotear ou construir condomínios

Para viabilizar áreas para loteamentos, construção de condomínios, residências fora de espaço condominial, bares etc., proprietários de terra nos municípios de Itaporanga D’Ajuda (Caueira) e Estância (Abaís e Saco) estão promovendo queimadas. Sem vegetação, eles buscam alvará para colocar em prática seus projetos. Preocupado com o problema, o secretário de Estado do Meio Ambiente, Genival Nunes, fez um apelo aos prefeitos para que não autorizem obras, mas sim denunciem aqueles que adotam práticas que atingem a natureza. “A partir da denúncia, a Secretaria, a Adema e até o Ibama podem atuar conjuntamente com as prefeituras para punir os promotores de queimadas. É preciso estudo ambiental para construção nessas áreas de praia”, explicou. Já há casos nos dois municípios, onde houve boa valorização do solo por c onta da construção das pontes Joel Silva (Aracaju-Itaporanga) e Gilberto Amado (Estância-Indiaroba).


Consumo de energia elétrica mantém crescimento no segundo mês do ano - 1

Dados divulgados pela Energisa, (que gera e distribui energia para 63 municípios sergipanos, alcançando 96% do território do estado), o consumo de energia elétrica em fevereiro de 2013, em Sergipe, chegou a 205,9 Gigawatt-hora (Gwh), representando crescimento de 10,7% em relação ao mesmo mês de 2012. Em relação ao mês anterior, o consumo manteve-se, praticamente, estável. O consumo industrial, somado aos consumidores livres, resultou em 84,5 Gwh, mostrando-se 4,2% maior quando confrontado com fevereiro de 2012. Comparando com o mês anterior (janeiro/2013), o consumo apresentou queda de 5%.


Consumo de energia elétrica mantém crescimento no segundo mês do ano – 2

O total de energia consumido pelas residências e pelo comércio, no estado, atingiu 79,9 Gwh e 43,8 Gwh, respectivamente, registrando crescimento de 14,6% e 7%, nesta ordem, quando comparado com o mesmo mês do ano anterior. Analisando a evolução mensal, o consumo das residências recuaram 4,2%, enquanto o consumo comercial manteve-se constante. No campo foram consumidos 13,2 Gwh, com elevações de 32% e 7,3%, nas bases de comparação anual e mensal, respectivamente.


Golpe militar completa 49 anos neste domingo

Há exatos 49 anos os militares brasileiros derrubaram o governo João Goulart e deram início a uma ditadura que durou 24 anos. Em Sergipe, por não aceitar seguir o novo regime, o então governador João de Seixas Dória perdeu o cargo foi preso e encaminhado para Fernando de Noronha. Ainda no Estado foram presas dezenas de pessoas.


Preços dos medicamentos podem ser reajustados

Os preços dos medicamentos vendidos no país podem ser reajustados desde o último dia 30, sábado. O anúncio foi publicado no Diário Oficial do último dia 12. De acordo com a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, do Ministério da Saúde, o reajuste deve ser calculado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), entre março de 2011 e fevereiro de 2012, nos ganhos de produtividade das empresas de medicamentos e no preço dos insumos usados na produção dos remédios. “É justo que as empresas reajustem o preço de seus produtos. É a lei do mercado. No entanto, o grave problema da falta de acesso a medicamentos deve ficar ainda mais complicado para a população. Precisamos de alguma saída que melhore as condições de quem precisa e não consegue seguir um tratamento medicamentoso, por não ter recursos suficientes para isso”, diz Rodrigo Bacellar, diretor da PBMA – Associação Brasileira das Empresas Operadora de PBM (Programa de Benefício em Medicamentos).


UFS quer área para estacionamento em Itabaiana

O reitor da Universidade Federal de Sergipe, professor Angelo Roberto Antoniolli, trem encontro na manhã desta segunda-feira, 01, com os vereadores de Itabaiana. Vai entrar em pauta a doação de um terreno nas proximidades do campus da instituição de ensino no município para uso como estacionamento por estudantes e professores da UFS. “Sinto que há condições de sensibilizar a Câmara. Acho que o diálogo é salutar e vou lá pedir esse pedaço de chão para oferecer um melhor serviço para os estudantes, professores e servidores da UFS”, explicou Antoniolli.


Prazo para pagamento do IPVA vence nesta segunda-feira 

Os proprietário de veículos de placa final 2 ganharam um prazo maior para pagamento do IPVA 2013. É que a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) prorrogou a data limite de pagamento para o dia 01 de abril, esta segunda. Mas a Sefaz alerta que a prorrogação é referente apenas ao vencimento referente ao mês de março, mantendo o calendário de pagamento inalterado para os demais meses.


Projeto de Sergipe sobre palma é destaque em publicação internacional

Mais uma vez os bons resultados obtidos com o cultivo intensivo da palma em Sergipe foram destaque em publicações científicas internacionais. A revista CactusNet, produzida pela Rede de Cooperação Técnica Internacional sobre Cactus (FAO Icarda),publicou em sua mais recente edição dois artigos sobre a técnica implementada na região semiárida do Estado. Desenvolvido pelo Sebrae Sergipe e executado pelo consultor Paulo Suassuna em 16 municípios, o projeto ‘Palma para Sergipe’ teve início no segundo semestre de 2007 e desde então já beneficiou mais de 500 produtores. O modelo de produção já garantiu o plantio de mais de dois milhões de palmas em solo sergipano.


Calor excessivo prejudica granjas do interior sergipano


Por conta do excessivo calor que atinge todo o Estado de Sergipe, as granjas estão produzindo e colocando no mercados frangos pequenos e magros. A situação é mais amena nas granjas que possuem sistema especial de refrigeração. Aquelas que funcionam à base de uso de ventilação natural, têm enfrentado maiores dificuldades. A média de temnçperatura em algumas áreas do Estado chega a superar os 38º. Os donos de granja dizewm que estão com custo elevado para a produção. O ruim dessa situação é que o preço do frango assado, ainda que seja menor, continua sendo o mesmo nos supermercados e no comércio de ruas.


Proinveste viabilizará mais de 30 projetos do governo do Estado

Os recursos avaliados em mais de R$ 500 milhões que o governo do Estado poderá obter com a provável aprovação do empréstimo do Proinveste vão garantir a realização de mais de 30 projetos na capital e interior. Ao que tudo indica, as verbas que seriam usadas pelo governador Marcelo Déda (PT) para contrapartida em projetos do PAC ficarão de fora do processo de votação na Assembleia Legislativa por enquanto. O governo pretende encaminhar o Proinveste para a Assembleia nos próximos dias e avalia-se, entre opositores e situacionistas, que a aprovação acontecerá sem complicações.


Valadares Filho quer urgência na efetivação de medidas contra a seca

O deputado Valadares Filho (PSB-SE), em pronunciamento feito hoje na tribuna da Câmara, destacou a gravidade da seca que atinge o Nordeste brasileiro e a necessidade de se agilizar o repasse dos recursos, previstos nos programas do governo federal para o combate à seca. “Não é a primeira vez que a região Nordeste é castigada por longos períodos de estiagem. Entretanto, essa seca que começou em 2011 tem-se mostrado uma das mais severas dos últimos tempos”. No Estado de Sergipe, Valadares Filho destacou que, em períodos de estiagem anteriores, a seca atingia praticamente só a região do sertão sergipano, sem maiores consequências para o restante do Estado. “Mas, neste momento, a estiagem já chegou a outras regiões, atingindo quase todo o Estado de Sergipe; até mesmo algumas cidades, por falta de água potável, estão sofrendo as consequências da seca”.


Pré-caju: dossiê vai ser entregue também ao Ministério Público Federal

Depois que protocolaram, a pedido, farta documentação sobre a prévia carnavalesca denominada Pré-Caju no Ministério Público Estadual (MPE), os integrantes do Fórum em Defesa da Grande Aracaju decidiram em reunião na noite da última quinta-feira que vão entregar o dossiê na Procuradoria da República do Ministério Público Federal em Sergipe. A decisão deveu-se, segundo alega o Fórum, ao fato de ter constatado que uma vultosa quantia de recursos públicos vindos do Governo Federal foi injetada na Associação Sergipana de Blocos e Trios (ASBT) e que parte expressiva desses recursos foram gastos no Pré-Caju. Entre os documentos que compõem o "dossiê do Pré-Caju" está um rol de recursos conveniados com a ASBT que totalizam, até o exercício de 2010, R$ 5.782.040,00 e os integrantes do Fórum pedirão ao Ministério Público Federal (MPF) que analise o fluxo desses recursos, desde a aprovação das emendas ou dos projetos, passando pela aplicação e chegando à prestação de contas. "Queremos saber como tanto dinheiro público foi destinado para a ASBT e o que se comprou ou se contratou. Não dá para admitir que o dinheiro do povo seja usado assim sem maiores explicações, enquanto tantas outras áreas estão precisando." Disse José Firmo, integrante do Fórum em Defesa da Grande Aracaju.


Deputado Antônio Passos preocupado com possibilidade de redução de água na barragem de Xingó

O deputado Antônio Passos (DEM) revelou estar preocupado com a possibilidade de acontecer a redução da liberação de água sobre a barragem de Xingó, no município de Canindé do São Francisco. O assunto foi tema de pronunciamento feito por ele na sessão de hoje, dia 27, da Assembleia Legislativa. O parlamentar disse que teve uma conversa com o professor Luiz Carlos Fontes, membro do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, que externou sua preocupação com o pedido feito pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) à Agência Nacional de Águas (ANA) para a redução da liberação da água sobre a barragem de Xingó. O deputado disse que se isso acontecer vai ter menos água a partir da hidroelétrica e isso deve comprometer determinados sistemas. “Porque quando chegou determinada época esse pedido nós tivemos problemas com o abastecimento de Aracaju, das adutoras que saem do rio São Francisco para abastecer nosso Estado”, disse Antônio Passos.

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos