Insatisfeito com a exoneração, Jorge Alberto pode deixar o PMDB

31/07/2013 06:52:56 por Eugênio Nascimento em Política

Insatisfeito com o tratamento que vem recebendo do governo do Estado, o ex-secretário de Administração e da Casa Civil, Jorge Alberto, abriu dissidência e pode deixar o PMDB. “Tudo agora depende da avaliação que vou fazer junto com amigos”, disse. Ele não absorveu bem a exoneração da Casa Civil, feita pelo governador interino Jackson Barreto, que é justamente o presidente do PMDB sergipano. “Eu passei a me sentir fora da Casa Civil em novembro do ano passado, quando o governador Marcelo Déda (titular do cargo que se encontra licenciado) me disse que precisa criar o Núcleo de Governança, mas gostaria de me manter na equipe”, explicou Jorge Alberto, que optou por tirar licenças-prêmio e férias antes de se aposentar. Agora veio a exoneração do CC, que tomou conhecimento através de suas filhas. Segundo o ex-secretário, o peemedebista Jackson Barreto teria lhe prometido não exonerar.

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos