Coluna Primeira Mão - Política e Economia

Rogério Carvalho é 'exonerado' da Presidência do PT e diz que sofreu golpe


“Como não desisti de disputar a presidência do PT, fui exonerado do cargo, que voltou desde ontem para as mãos de Sílvio Santos. Houve um ato autoritário, um golpe no partido. Eu assumi o comando do PT em junho de 2012, mediante o acordo de que não seria candidato e agora veio o golpe, o jogo sujo”. O desabafo foi feito hoje pelo deputado federal Rogério Carvalho, que foi convidado a deixar a presidência da agremiação política, ontem. Segundo ele, “existe a pretensão de tomar a eleição na marra, na força. O que está acontecendo é algo absurdo. Bem que Márcio Macedo (candidato que se opõe à ele) me disse em sua casa que isso iria acontecer, quando me convidou para ir em sua casa conversar. Ele na época me informou que o governador Marcelo Déda iria dar apoio à sua chapa e que eu seria afastado da presidência do PT, cargo que assumi porque era vice de Sílvio, que se afastou”, comentou. Carvalho garantiu que “não vou afrouxar, mas sim enfrentar todos aqueles que querem aplicar golpe agora”


Márcio Macedo: Não há perseguição, há um enredo montado

O deputado federal Márcio Macedo, também candidato a presidente do PT, disse agora há pouco que o candidato Rogério Carvalho deveria manter os debates de questões internas do PT dentro do PT e evitar levar isso para a imprensa. “O que está havendo? O PT tem um presidente eleito, que é o Sílvio Santos, que estava licenciado. A licença acabou e o Sílvio reassumiu o comando do Partido dos Trabalhadores. Não há perseguição, golpe, retaliação. Rogério Carvalho quer autovitimar-se e isso não combina com ele. Na verdade, o enredo não combina com o personagem. Acho que o debate deve ser no PT e de forma respeitosa. Já em relação à disputa, acho que os petistas escolherão aquele que julgarem melhor para o partido. Se eu ganhar vou exerceu meu mandato por quatro anos, mas antes da posse vou conversar com Rogério, vou buscar a unidade dentro da diversidade”, argumentou.


Mansões devem ser demolidas em Aracaju, defende associação
- 1

Residências de luxo construídas na margem do canal Santa Maria, no Povoado Robalo, na Zona de Expansão de Aracaju devem ser demolidas. Esse é o desejo dos militantes do Fórum em Defesa da Grande Aracaju, que acharam acerto o ajuizamento de ação pelo Ministério Público Federal contra a União, a Prefeitura Municipal de Aracaju e a Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) para que seja garantido a todos os cidadãos o acesso ao Canal Santa Maria. Por outro lado, o fórum entende que além da garantia do acesso dos cidadãos ao leito do canal, é preciso que as construções irregulares, sobre área de preservação e ocupando faixa de manguezal sejam demolidas. O fórum afirma que registros fotográficos por satélite comprovam que as construções de luxo têm aumentado de forma expressiva nos últimos anos.


Mansões devem ser demolidas em Aracaju, defende associação
– 2


“Pescadores e marisqueiras se queixam que tem sido impedidos de exercer a atividade de pesca e de captura de mariscos na direção de determinadas chácaras e que chegam a ser ameaçados por supostos proprietários e por seguranças.”, afirma José Firmo, membro do Fórum em Defesa da Grande Aracaju e presidente da Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo (ADCAR). O fórum reputa de grande importância e que representa um avanço o fato do Ministério Público pedir na Justiça o fim do cercamento dos caminhos naturais e tradicionais, mas acha pouco diante das construções irregulares. Os integrantes do fórum pretendem levar esses novos elementos ao Ministério Público Federal com a esperança de que as chácaras, mansões e até condomínios que ocupam área de preservação seja demolidas.

MPF-SE pede abertura de passagem à Justiça


O MPF requer que a Justiça Federal determine a delimitação, pavimentação e todas as medidas urbanísticas necessárias para garantir a acessibilidade da passagem ao Rio Santa Maria, bem como sejam fixadas placas indicativas de que o local é um acesso público. Além disso, o MPF ainda pede que a área seja registrada em cartório como de uso público e inscrita no cadastro da SPU/SE, como área de domínio federal.


Luciano Bispo não entende Machado


“Sempre tratei Machado (José Carlos, vice-prefeito de Aracaju) com respeito. Mas não tenho recebido da sua emissora o mesmo tratamento. Todos me conhecem, não reclamo das críticas, mas fazer campanha ostensiva contra mim não é postura de quem deseja uma relação política!
Também Não consigo entender a campanha a favor dos Amorins, feita na Rádio do Genro, que é Secretário de João Alves”. O comentário é do ex-prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo, que demonstrou decepção em relação ao “amigo”.


Estância - OAB-SE entra na luta em defesa de Centro Pastoral do Porto do Mato

 

 
 


Ontem, em reunião realizada na Sociedade Médica de Sergipe (Somese), a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe – foi incumbida de comandar a luta pelo resgate do Centro Social Pastoral Esperança de Deus, em Estância, com a parceria da Somese, Associação Sergipana de Imprensa, Academia Sergipana de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. A partir disso, segundo o presidente da OAB-SE, Carlos Augusto Monteiro, haverá uma tentativa de diálogo com a Diocese de Estância, com o governador do Estado e com o prefeito de Estância. O assunto será ainda levado ao Conselho Federal da Ordem, que é parceiro da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil em diversas empreitadas, para que o estado de abandono seja revertido em um trabalho intenso de remodelação do Centro, especialmente para que todas as atividades sociais voltem a ser oferecidas.


Ministro vem hoje a SE lançar o “Brasil Mais Seguro”

O governador em exercício Jackson Barreto assina o termo de Adesão ao Programa Brasil Mais Seguro, nesta sexta-feira, 27, junto com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. A solenidade acontece às 14hs no Hotel Radisson Aracaju. No evento serão entregues 1.000 pistolas a Polícia Militar de Sergipe. Antes, por volta do meio-dia, o ministro será recepcionado por Jackson para almoço no Palácio de Veraneio.

Programa - A implantação do Programa Brasil Mais Seguro em Sergipe teve início no mês de julho com a realização do Colóquio preparatório do Programa. Com a adesão ao Plano Brasil Mais Seguro, Sergipe ganhará reforço para a elucidação de homicídios, com instauração de inquéritos acumulados e maior agilidade no julgamento de processos, e para a realização de exames periciais.


Começa hoje avaliação técnica da UFS no sertão


Começa hoje, às 10h, a avaliação das áreas dos municípios de Nossa Senhora da Glória e Poço Redondo que poderão ser usadas para o projeto de instalar um campus da Universidade Federal de Sergipe não Sertão. O avaliador Antônio Simões Silva segue hoje para os dois municípios e levará dados técnicos para o Ministério da Educação (MEC) definir a cidade que abrigará o Campus do Sertão. O bispo da Diocese de Propriá, que abrange Glória e Poço, manifestou-se em apoio à segunda opção. O anúncio da área será feito dentro de no mais tardar um ou dois meses.


2ª Plenária Partidária de SE reunirá a oposição


A Assembleia Legislativa será palco hoje da II Plenária Partidária de Sergipe envolvendo 13 agremiações que integram a oposição sergipana – PSC, PR, PTB, PRP, PP, PRB, PEN, PDT, PSL, PTC, PT do B e PTN. Em 2009, por ocasião da I Plenária, apenas sete partidos compunham a base das discussões – PR, PRP, PSC, PSL, PTC, PT do B e PTN. A solenidade de então foi presidida pelo presidente do PR/SE Edivan Amorim, que anunciou as novas filiações naqueles partidos e os propósitos da união partidária. Nesta Plenária serão debatidos temas como reforma política, legislação eleitoral e políticas públicas para “Um Novo Tempo, Um Novo Sergipe”. Além disso, estão confirmadas as presenças de nomes expressivos da política sergipana e nacional, a exemplo dos senadores Antônio Carlos Rodrigues (PR/SP), João Vicente Claudino (PTB/PI), Benedito Lira (PP/AL), Gin Argelo (PTB/DF) e o presidente do PSC Nacional – Pastor Everaldo Pereira. André Moura, atual presidente do PSC/SE, deputado federal e líder do PSC na Câmara dos Deputados, dirigirá os trabalhos. O evento também será marcado pela convocação de todos os partidos que compõem o bloco oposicionista a conclamar o senador Eduardo Amorim como pré-candidato a governador na eleição de 2014.


“Secretários estaduais não respeitam deputados”, diz Adelson Barreto


O deputado estadual Adelson Barreto, visivelmente irritado com o tratamento que vem recebendo dos secretários do governador licenciado Marcelo Déda e do interino Jackson Barreto., fez um breve discurso num tom duro, ontem, na Assembleia. Ele disse nesta quinta-feira que os deputados que integram a base do governo têm feito constantes reclamações do tratamento que recebem por parte dos secretários. As queixas eram sempre feitas nos bastidores. Adelson decidiu levar o tema para a tribuna. “Sempre reclamei e percebi que outros colegas sofriam da mesma falta de respeito por parte dos auxiliares”. O parlamentar afirmou que imaginou que, com a reunião promovida por Jackson Barreto para tratar do assunto, o quadro fosse mudar e que os secretários passariam a dar atenção aos deputados do governo. Mas disse que o problema persiste. “Tenho lealdade e tenho compromisso, mas estou no meu limite. Os secretários não têm o menor respeito aos deputados e sobretudo a mim”, lamentou. Segundo Adelson, uma das reivindicações não atendidas se refere a um pedido seu para recapear a estrada de acesso ao parque aquático de Timbó, em Salgado. O deputado disse que há dois meses tratou do assunto porque o parque é um ponto turístico e recebe vários visitantes. “O acesso é feito com dificuldade. Liguei para o DER várias vezes, fiz várias indicações, requerimentos, parece que ficam desdenhando desse deputado”, comentou. “Paciência tem limite. Eu vou aqui nesta tribuna denunciar a falta de respeito por mim. Não peço nada de cunho pessoal, peço pela melhoria do Estado, como um tratamento digno aos turistas. Demoram até três meses para atender e por isso mostro minha insatisfação pela falta de respeito da maioria dos secretários que integram esse governo”, disse Adelson.. “Telefono para pedir audiência, mas estão sempre ocupados, não ocorre a audiência. A reunião (com Jackson) não serviu para melhorar a relação. Serviu para piorar”, concluiu.


Adierson: transporte público está refém da falta de planejamento


“Não adianta qualquer esforço do setor do transporte público se a operação se dará em uma cidade onde não há planejamento e priorização do transporte de massa no trânsito. O caos reinou em Aracaju ao longo desses anos sem planejamento”. A consideração é do presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju - Setransp -, Adierson Monteiro, que durante o Seminário Soluções em Mobilidade Urbana, realizado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedurb), na terça-feira, 24, palestrou sobre a importância de haverem condições mínimas para o transporte coletivo atender a população. De acordo com dados do Denatran - Departamento Nacional de Trânsito -, apresentados por Adierson Monteiro na palestra, em Aracaju circulam mais de 56 mil carros, 150 mil motos e apenas 441 ônibus coletivo operantes. Contudo, só o transporte de massa serve a mais de 300 mil pessoas diariamente, mas não consegue operar com agilidade devido a falta de estrutura na malha viária.


“O trânsito não permite cumprir horários em Aracaju”

 

 
 


“Muitas vezes, temos ônibus lotados em horários específicos e em outros momentos vazios porque as linhas não conseguem cumprir os trajetos pontualmente, o trânsito não permite. E mesmo que se tente prever esses atrasos, as vias não comportam a quantidade de veículos necessária, já que a cidade não dispõe de vias preferências para o ônibus. Não dá para o transporte que serve a maioria da população concorrer com os demais veículos particulares em congestionamentos”, destacou Adierson. O presidente do Setransp reapresentou ainda soluções eficientes que poderiam contribuir com a mobilidade urbana e que o setor vem cobrando do Poder Público. Algumas são mínimas, contudo essenciais, como a construção de paradas de ônibus dignas com a identificação das linhas e a sincronização dos semáforos. Outras para médio prazo como a construção de corredores de ônibus. “Com corredores de ônibus teremos menos ônibus circulando, porém mais viagens realizadas, além da circulação de veículos maiores e mais confortáveis”, comentou Adierson. Ele ainda exemplificou, “hoje, para uma pessoa sair de uma extremidade a outra da cidade, leva 1h30m. Desse modo, não se pode falar em agilidade e pontualidade do transporte com uma estrutura de trânsito em pleno caos”.

 

 
 


Plenária que vai debater o Saúde+10 deve mobilizar cerca de 650 participantes


Será na próxima sexta-feira, dia 27, a partir das 9 horas no Iate Clube de Aracaju, a Plenária Estadual da Mobilização do Movimento Saúde+10. O encontro que deve contar com a participação de cerca de 650 pessoas, vai debater o Projeto de Lei de Iniciativa Popular que tramita no Congresso Nacional sobre a Saúde + 10. Antes do inicio dos debates será oferecido um café da manhã a partir das 07:30hs para a imprensa e todos os participantes quando na oportunidade os debatedores poderão ser entrevistados e responder aos questionamentos. O evento que acontecerá durante todo o dia contará com a participação dos deputados federais, senadores, deputados estaduais, a secretária de Saúde do Estado, Joélia Silva Santos, prefeitos, vereadores, secretários, representante do Conselho Nacional de Saúde, Marcos Vinicius Soares Pedrosa, do seguimento da Associação Nacional de Pós-Graduado, representantes de entidades, dos conselhos municipais, instituições e da sociedade civil organizada.


10% da receita para a saúde em discussão


O encontro também vai discutir com o Projeto que assegura 10% da receita corrente bruta da União para a saúde pública e precisa ser aprovado com urgência, pois o país vive um momento delicado com relação à saúde como também da defesa do “mais médicos” que estão na pauta do dia. O vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde, Eduardo Gomes, lembrou que o Projeto que assegurando 10% da receita corrente bruta da União para a saúde publica, precisa ser aprovado com urgência. “Se faz necessário a garantia de mais recursos, mais médicos, mais saúde e mais financiamento para a Saúde Pública. O SUS é o maior programa de saúde do mundo e não podemos ficar mendigando recursos para oferecer uma saúde digna aos trabalhadores brasileiros”, frisou.

UFS abrirá concurso para 1.243 vagas para o Hospital Universitário


A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) comunicou à Universidade Federal de Sergipe que a instituição de ensino superior terá direito a abri concurso para selecionar 1.243 novos servidores. A iniciativa garantirá a presença de novos médicos (as), enfermeiros (as), auxiliares de enfermagens, atendentes e outros profissionais da saúde no HU, localizado em Aracaju. O Hospital passa reforma e ampliação e vai aumentar o a atendimento a doentes a partir do próximo ano. O cronograma da seleção de pessoal será definido logo em breve.


Setransp diz que será preciso subsídio para reduzir tarifa aos domingos

Em resposta, aos questionamentos da imprensa sobre o Projeto de Lei, que reduz a tarifa de ônibus para R$1,00 aos domingos, aprovado na terça-feira, 24, pela Câmara Municipal de Aracaju, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju - Setransp - frisa que não é contra a iniciativa, que pode estimular o uso do transporte público aos domingos, no entanto, espera que o Legislativo tenha incluído no esboço do projeto a identificação da fonte de custeio para essa gratuidade, garantindo o cumprimento da Lei Orgânica que rege sobre isso. De acordo com o presidente do Setransp, Adierson Monteiro, “é importante que o cidadão saiba que gratuidades como essas acabam incidindo no custo da tarifa de ônibus”. “Ainda mais quando estamos em uma capital onde o transporte não é subsidiado pela prefeitura, ao contrário, o serviço do transporte tem sido o único serviço de onde o Poder Público tira recursos, com alta carga tributária e taxas, ao invés de colocar. Fora isso, é de conhecimento da sociedade que as despesas do com a prestação do serviço do transporte coletivo não diminuem aos domingos, ao contrário, aumentam, já que o trabalhador recebe aquele dia dobrado. Então, de acordo com a legislação vigente, para que tenhamos essa lei vigorando, sem que o cidadão seja onerado mais uma vez, é preciso que a prefeitura subsidie essa gratuidade”, frisou Adierson Monteiro.

Seis novas indústrias irão gerar mais 200 empregos em Sergipe – 1

Sergipe receberá mais de R$ 16,5 milhões em novos investimentos, que irão gerar 200 empregos. A notícia tornada pública na reunião do Conselho de Desenvolvimento Industrial (CDI), realizada nesta quinta-feira, 26, na secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec). Serão 6 novas indústrias, atraídas pelo Governo de Sergipe, por meio do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), que tiveram seus projetos aprovados pelo Conselho e receberão incentivos fiscais e locacionais. As novas indústrias serão instaladas nos municípios de Estância, Nossa Senhora do Socorro, Itabaiana, e produzirão polpas de frutas, confecções e produtos da cadeia produtiva do setor da construção civil, a exemplo de artefatos de cimentos, tintas, vernizes e etc.

Seis novas indústrias irão gerar mais 200 empregos em Sergipe – 2

Foram analisados, ainda, os processos de ampliação de capacidade instalada de indústrias já implantadas e em funcionamento, nos municípios de Nossa Senhora da Glória, Boquim, Nossa Senhora do Socorro, Simão Dias, Estância e Campo do Brito. Juntas, essas fábricas tinham a previsão de investir R$ 136 milhões e alcançaram o valor de R$ 271 milhões de investimentos, além do planejamento de empregar 515 pessoas e conseguir gerar, atualmente, 3.073 empregos. Os empreendimentos avaliados tiveram uma evolução significante. Apenas de investimentos o crescimento foi de 100%, tomando como base a previsão dos projetos apresentados, e o número de empregos apresentou um crescimento de quase 500%. “Isso revela a importância e a eficiência do PSDI e o trabalho realizado pelo vice-governador e presidente do CDI, Jackson Barreto”, ressalta o secretário da Sedetec e vice-presidente do Conselho, Saumíneo Nascimento. Saumíneo destaca também a consolidação da estrutura da cadeia produtiva do setor da construção civil, que representa 4 das 6 novas indústrias a serem instaladas em Sergipe. “O setor da construção civil é o que mais emprega no Estado e essas novas fábricas serão importantes para fornecer materiais que atendam, localmente, demandas das construtoras e das lojas de material de construção”, conta.

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos