João Alves critica declarações de Jackson Barreto

30/10/2014 15:42:10 por Eugênio Nascimento em Política

“As pessoas estão pensando que houve um choque terrível e vai mudar tudo na prefeitura. Claro que havia uma perspectiva maravilhosa com Aécio. Mas ele perdeu, a democracia é assim mesmo. Não tem do que reclamar”. O comentário é do prefeito de Aracaju João Alves Filho (DEM), para quem o governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), age com “arrogância” e faz “terrorismo” político, dando a entender que a derrota do presidenciável Aécio Neves (PSDB) e o candidato a governador Eduardo Amorim (PSC) fossem fator determinante para a sua gestão na Prefeitura da capital. João revelou que tem obras em andamento e bons projetos em pensamento.

“Não recebi nada desse governo federal, que vai continuar sem dar. Jackson, no Governo do Estado, também nunca deu nada. Vai continuar sem dar. Jackson deu entrevista dizendo que não vai me levar mais a Brasília. Nunca me levou. Se eu tivesse sendo tratado a pão de ló, estaria preocupado. Mas nós sobrevivemos e avançamos em algumas providências, que vão começar a acontecer no início do ano, o que nos dará uma perspectiva muito boa”, afirmou e concluiu.

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos