Governador anuncia parte do 1º escalão e diz que cobrará serviços de todos

31/12/2014 18:20:59 por Eugênio Nascimento em Política
Após participar de missa em ação de Graças, o governador Jackson Barreto anunciou parte do secretariado em entrevista coletiva no Palácio de Veraneio, na manhã desta quarta-feira, 31. Foram apresentados 14 nomes que comporão o primeiro escalão nas pastas de Agricultura, Casa Civil, Comunicação, Educação, Fazenda, Governo, Infraestrutura, Justiça, Planejamento, Saúde, Segurança Pública, Turismo além da Procuradoria Geral do Estado e Controladoria Geral do Estado. Jackson enumerou o que espera dos novos assistentes. “Espero compromisso com nosso estado, com nosso povo. Buscamos eficiência e uma reposta à altura da confiança depositada pelo povo sergipano em nossa gestão. Queremos dedicação ao trabalho”, declarou.

A primeira mudança anunciada pelo governador foi a ida do vice-governador Belivaldo Chagas para a Casa Civil, em substituição a José Macedo Sobral, que passará a administrar a Secretaria de Estado de Saúde. “Nós ampliamos muito a rede de saúde do estado com hospitais clínicas, UTI, mas não estamos tendo recursos suficientes para manter a ampliação dessa rede construída por Jackson e Déda. Precisamos fazer com que os recursos cheguem aos hospitais, às unidades de pronto atendimento. É preciso melhorar o atendimento”, declarou Jackson.

José Sobral disse que a Saúde é a pasta mais complicada do governo e que ela precisa ser dividida em vários aspectos, onde o estado vai se concentrar no que é, por lei, sua responsabilidade, que são os atendimentos de alta e média complexidade. “Quero ter condições de responder de forma correta à população e à confiança que o governador nos deu. A minha ideia, que é orientação do governador, é de dar a saúde uma visão de atendimento à população, uma visão de política de saúde, política de governo e ações de gestão. O compromisso que tenho é de empenho, de trabalho e de dedicação, como me dediquei neste governo desde 2007 até hoje”.

Para a secretaria de Educação, o escolhido foi o professor Jorge Carvalho, que estava na direção da Segrase (Serviços Gráficos de Sergipe). Carvalho foi secretário da educação no primeiro mandato de Jackson como prefeito de Aracaju. “Consegui ter o apoio dele e ele se saio muito bem naquele período e agora eu espero poder colaborar outra vez com a gestão dele para, quem sabe, aperfeiçoar o trabalho e fazer com que ele possa atingir os objetivos e metas que traçou para a política educacional. Jackson sempre que assumiu o executivo colocou a educação como uma das suas prioridades e eu espero que desta vez eu tenha a oportunidade de novamente colaborar para que ele honre a educação”, comentou o secretário.

A agricultura passa ao comando de Esmeraldo Leal dos Santos. Membro da direção do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) e sociólogo, Esmeraldo assume uma secretaria que alavancou a agricultura familiar nos últimos sete anos, alcançando resultados positivos na produção de milho, arroz e leite.

“Nossa expectativa é muito boa porque vivemos um momento em que a agricultura ganha muita força no país e que Sergipe vem surpreendendo na sua produção, a exemplo do milho. Jackson sempre demonstrou respeito ao campo e ao trabalhador rural. Temos um campo rico, um povo trabalhador e um governo comprometido, portanto, não temos dúvidas que teremos muitos desafios e bons resultados. Sergipe é modelo nacional de regularização fundiária e desapropriação negociada. Isso nos orgulha e nos motiva para o desafio de melhorar ainda mais esse padrão de qualidade”, disse.

Outro anúncio foi a incorporação de Mendonça Prado na Secretaria de Segurança Pública. Jackson Barreto justificou a escolha de Mendonça destacando sua atuação na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO) e na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados. “Eu pedi ao novo secretário de Segurança compromisso e dedicação total à pasta. Acredito na experiência de Mendonça na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado. Mendonça sempre se dedicou à segurança no Planalto e poderá nos ajudar no nosso estado. Nosso objetivo é ter uma segurança mais eficiente”, disse.

Advogado e deputado federal por três mandatos, Mendonça Prado admitiu a dificuldade em gerenciar a Segurança Pública e disse que trabalhará com as polícias Civil e Militar para implantação de um plano de combate à violência. “Reconhecemos que Sergipe tem um dos maiores índices de violência do país e trabalharemos com base nessas estáticas para montar um plano de combate à violência. Essa é uma pasta complexa, um assunto que angustia a sociedade e requer ações eficientes e enérgicas. Queremos a proteção de nossos cidadãos e o combate àqueles que praticam delitos. Teremos um período de transição de 30 dias e em fevereiro, assumimos a pasta e apresentaremos um plano de segurança pública. Todas as ações serão realizadas em conjunto coma polícia civil e militar”, informou.

A secretaria de Estado de Comunicação continua capitaneada pelo jornalista Sales Neto. “Acredito que com os ensinamentos que adquiridos durante estes cinco anos que nós estamos na Secom, primeiramente como Diretor de Jornalismo, depois como secretário adjunto, nos deu régua e compasso para tocar a secretaria e desempenhar um trabalho à altura da confiança do governador Jackson Barreto e principalmente a altura do povo sergipano. Sabemos que os desafios são grandes porque vamos enfrentar momentos bastante turbulentos. A economia do país não está reagindo e isso está afetando os estados e municípios e Sergipe não é uma ilha. Então temos a consciência que os cenários daqui para a frente serão complicados, mas precisamos ter a forma correta de tratar os assuntos, respeitando o público, sempre trabalhando com informações verídicas, com informações que possam servir para a sociedade ter parâmetros para fazer suas reflexões e tomar suas decisões. Portanto, encaramos o desafio, agradecemos muito a confiança do governador em nos dar esta missão que iremos cumprir com toda a força do nosso trabalho", declarou o secretário.

Quem assume a secretaria de Justiça é Antônio Hora Filho, em substituição a Walter Lima. As secretarias de Infraestrutura, de Governo e de Turismo, Esporte e Lazer permanecem com os atuais gestores, Valmor Barbosa, Benedito Figueiredo e Adilson Júnior, respectivamente. João Augusto Gama continua da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e Jefferson Passos na Fazenda (Sefaz). A Controladoria Geral do Estado permanece sob a coordenação de Adinelson Alves da Silva. A novidade é o procurador Arthur Cezar Azevêdo Borba na Procuradoria Geral do Estado.

Novos nomes

Jackson explicou que as mudanças no secretariado servem para melhorar ainda mais o funcionamento da máquina estatal e que os demais nomes do primeiro escalão serão apresentados até o final da próxima semana. “Indicamos agora 14 secretários e na próxima semana apresentaremos os outros nomes. Os demais nomes estão em negociação com os partidos porque queremos todos os partidos aliados participando da administração”. (Da assessoria)

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos