PM apreende adolescente suspeito de atirar em advogado no início de fevereiro

26/02/2015 20:59:02 por Kleber Santos em Variedades
Na tarde desta quinta-feira, 26, a Polícia Militar de Sergipe, através do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam), apreendeu um adolescente de 17 anos acusado de tentar contra a vida do advogado Sérgio Aragão de Melo, de 38 anos, secretário geral da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Sergipe (OAB/SE), na noite de 9 de fevereiro. O jovem foi detido na rua São Carlos, no bairro Japãozinho, já próximo à avenida Euclides Figueiredo, zona norte de Aracaju.

A vítima saía em seu veículo da sede da OAB, na praça do Mini Golfe, quando foi seguida por dois indivíduos em uma motocicleta, um deles em poder de uma arma de fogo. O advogado parou no semáforo do cruzamento entre a rua Vila Cristina e a avenida Barão de Maruim, no Centro de Aracaju, quando o passageiro desceu da moto e anunciou o assalto, disparando contra a vítima, que acabou atingida com um tiro de raspão na testa.

Após análise das imagens do circuito de câmeras dos estabelecimentos localizados nas imediações do crime, o Serviço de Inteligência do Getam iniciou buscas e apreendeu, por volta das 16h30 desta quinta-feira, o adolescente suspeito de atirar contra o advogado. O jovem, que agira na companhia de um comparsa, confessou a autoria do disparo, porém afirmou que o tiro fora acidental. Quando questionado sobre a arma de fogo, o suspeito alegou aos militares da equipe Escorpião 10 que ficara detida durante uma apreensão feita pelo Batalhão de Radiopatrulha.

O menor de idade revelou que, no período entre a tentativa de homicídio contra o advogado e a presente data, fora apreendido por ato infracional relativo ao crime de porte ilegal de arma de fogo pela equipe da Radiopatrulha, durante uma abordagem de rotina. Na ocasião, a arma que portava – a mesma que teria sido utilizada para efetuar o disparo contra Sérgio Aragão de Melo – ficara apreendida na delegacia, enquanto o jovem foi liberado pela autoridade policial após os procedimentos legais.

O adolescente foi conduzido à 3ª Delegacia Metropolitana. A Polícia Civil investiga o caso e já tem pistas acerca do comparsa do menor de idade, mas prefere manter sigilo sobre a identidade deste para não comprometer o andamento das investigações.

Da assessoria

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos