Arcebispo vai pedir apoio à bancada federal de SE contra a terceirização e redução da menoridade penal

27/04/2015 10:30:34 por Eugênio Nascimento em Política

Por Eugênio Nascimento


O arcebispo metropolitano de Aracaju, d. José Palmeira Lessa , informou na manhã desta segunda-feira que pretende manter contato com os deputados federais e senadores de Sergipe no sentido de que se posicionem e votem contra a terceirização e a redução da maioridade penal, como já se definiu a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).


“A igreja católica brasileira se definiu pelos trabalhadores e contra a terceirização. Quando fez essa opção, ela deixou claro que os recursos de terceirizações de serviços podem muito bem ser investidos na educação, saúde, habitação e segurança pública, por exemplo”, comentou o arcebispo, que deve iniciar os contatos com os políticos no decorrer desta semana.

Quando se referiu à redução da maioridade penal, o arcebispo fez questão de deixar claro que “esses recursos que seriam destinados à terceirização bem que poderiam ser gastos lhes dando oportunidade para estudar, ter acesso a alimentação, moradia e saúde. Mas parece que tem gente buscando joga-los na marginalidade, no tráfico de drogas, enfim no mundo do crime”.

A Conferência Nacional dos Bispos (CNBB) divulgou nota se posicionando contra a terceirização do trabalho e a redução da maioridade penal durante o ato de encerramento da 53ª Assembleia Nacional dos Bispos, realizada na cidade de Aparecida, em São Paulo.O documento foi lido pelo secretário geral da entidade, Dom Leonardo Ulrich Steiner, e nele a CNBB diz que avalia com apreensão o atual momento político e econômico do país e deixa claro que este não é o momento de 'acirrar os ânimos' ou adotar 'práticas revanchistas'.

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos